menu2.jpg
Untitled Document
barra.jpg
Segunda-feira - Cuiabá, 11 de Dezembro de 2017
menuesquerdo.jpg
 
meio.jpg
Pós-Graduação 2016
02/03/2016
 
 






 
21/03/2016
Ação de Revitalização
Parque ‘Flor do Ipê’ em VG recebe projeto de revitalização
 
 
 

   A secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável de Várzea Grande (SMMADR/VG) e parceiros vão promover no dia 16 de abril uma grande ação de revitalização do ‘Parque Flor do Ipê’, antigo Parque Noise Curvo, localizado na região do Carrapicho, próximo à ponte Sérgio Motta, em Várzea Grande.

Na ação do dia 16 de abril, como antecipa a secretária Helen, para a revitalização do Parque já foram desencadeadas alguns trabalhos que antecedem a grande ação. “A prefeitura já disponibilizou vários pontos de água e está limpando a área. Agora no próximo mês, vamos melhorar o acesso à trilha, pintar muretas e sinalizar o Parque. Todo esse trabalho em conjunto tem como objetivo fazer do Parque Flor do Ipê o novo ponto de lazer das famílias varzeagrandenses e até da Baixada Cuiabana, em razão das particularidades do local”.

A prefeitura estabeleceu parcerias com a BRFoods, o Univag e a comunidade para execução do projeto da revitalização. Como explicou a secretária de Meio Ambiente, Helen Farias Ferreira, os alunos das faculdades de Engenharia Ambiental e Arquitetura do Univag já fizeram um reconhecimento prévio do local e os voluntários da BRF (antiga Sadia) avaliaram melhor a área onde projetos integrados serão desenvolvidos.

“Nesse reconhecimento geográfico da área, os universitários vão catalogar espécies de fauna e flora e a BRF vai contribuir com parte da infraestrutura que iremos ampliar à população”, contou a secretária. A BR Foods vai doar grama, bancos, parque infantil e mesinhas para jogos como xadrez e dama.

O PARQUE - O Parque com área total de 19 hectares, dos quais 4 hectares são de trilhas suspensas dentro da mata, o que possibilita uma contemplação diferente do que se vê em outros parques na Grande Cuiabá. No Parque é possível fazer a contemplação de diversas espécies de plantas nativas da extinta várzea, árvores, flores e toda a fauna silvestre, como diversas espécies de pássaros e mamíferos de pequeno porte (macacos, esquilos e tamanduá-mirim).

Como destaca a secretária, a área tem vocação para a visitação ecológica, “não pode ser ocupada por atividades de impacto ambiental”.

A secretária Helen reforça que há toda uma mobilização por parte do Município e do Estado para transformar o ‘Flor do Ipê’ no Parque Natural da cidade. Com a mudança, a cidade ganharia sua primeira unidade de conservação, o que amplia a infraestrutura do local, bem como a importância dele para o ecossistema da região. “Além disso, o Parque Natural passará a ser uma fonte incentivo, via arrecadação de recursos pelo ICMS Ecológico, o que vai contribuir para as ações de manutenção do espaço”, argumenta.

Também como antecipou a secretária, a pretensão é que a revitalização de 100% do Parque seja entregue à população em maio, mês de aniversário de fundação de Várzea Grande.

Mais informações acesse: http://www.varzeagrande.mt.gov.br/portal/conteudo/15577

(Fonte: Secom/VG / Reporter Marianna Peres / Foto Divulgação / Site: Prefeitura de VG)

 
 
 
 
rodape.jpg
 
Todos os direitos reservados para www.ive.edu.br - informações e contato através do telefone: 65 3388 8400